Por que uma garota como eu

Uma garota como eu Que vive simplesmente E que gosta de cantar Dizendo o que sente. Uma garota como eu Precisa certamente De alguém como você, definitivamente Alguém como você Que saiba o que espero E que gosta de querer As coisas que eu quero. Uma garota como eu Precisa certamente De alguém como você Que é muito diferente. Uma garota como eu Que antes era triste Que aprendeu a ser ... Cara eu tentaria puxar assunto com alguma brincadeira com algo que esteja acontecendo na hora e não tentar ir direto ao ponto no inicio. Ai depois de fazer uma brincadeira você desenvolve um assunto, como você trabalha com ela e vê ela todos os dias é melhor não ser tão direto e começar só com brincadeirinhas e assuntinhos descontraidos e depois vc pega o numero Espero ter ajudado ... Eu queria apenas ser tocado por uma garota, um dia. Queria que ela não me olhasse como se eu fosse um perdedor. imundo, rasgado, meio risonho e meio carrancudo que tentava impressioná-la. Os dedos dela. ... Não me olhava como se eu fosse um obstáculo entalado entre ela e o Rube. Sempre perguntava: “Como vão as Obviamente, uma atividade feita por vocês dois pode ser interpretada como encontro por ambas as partes, então é importante evitar planejar jantares e coisas assim. Ao invés disso, encontre passatempos quando você estiver sozinho com a garota de que gosta em sua casa, ou na dela, ou no carro sem nada pra fazer. Por exemplo, se ela disser que vai pegar uma Coca-Cola, diga algo como 'Tome cuidado para não soltá-la pelo nariz como fez na última vez ;)'. Esse é um exemplo de humor que pode ser utilizado, pois traz à tona a última vez em que se divertiram juntos, fazendo com que ela pense positivamente sobre o relacionamento de vocês. – Bom, eu também mudei. Você precisa saber, eu não sou mais aquela garota sonhadora de dezoito que acreditava no verdadeiro amor. – Sei que você está se defendendo e tudo, mas não vejo como isso que você acabou de argumentar possa ser uma coisa boa. – Eu sou mais segura. – Mais rígida, você quer dizer. – Mais sóbria e realista. Esta é uma página de contos Semi-eróticos de minha autoria. Uma área da prosa que me arrisquei a fazer, depois dos 80 mil acessos ao blog, 6 anos de “Paixão na Ponta dos Dedos!”, mais alguns depois do Romance “Pinceladas de um Poema” e meus 35 anos…. Sou uma Carmen um pouco diferente, mais madura e vendo a vida por um ângulo maior, mais amplo.

Por que só tem incel nessa merda? Kkkk

2020.09.27 11:19 Leonardo-Heckler Por que só tem incel nessa merda? Kkkk

Tipo não tem ninguém daora nessa comunidade kkk, todo mundo que eu começo a trocar uma idéia começa a quere falar de putaria, e a maioria se diz "depressivo" por causa de garotas que não notam o quão INCRÍVEIS eles são kkk e como elas são idiotas de preferir os Zé droguinhas, eu tô numa venda temporal onde voltamos a 2012? Kkkk
submitted by Leonardo-Heckler to desabafos [link] [comments]


2020.09.27 08:56 throwwitbackaway Tratei alguém como gostaria de ser tratada e me lasquei

Há uns 2 anos tive um relacionamento bem traumatizante, fui webtraida (isso existe?) com uma garota que meu ex conheceu em uma viagem de igreja.
Foi bem difícil recuperar a confiança nas pessoas, relapsei no meu transtorno alimentar (perdi 10 quilos) e questionei todo o meu valor por meses, até conhecer meu atual namorado, um cara maravilhoso e que me trata muito bem.
Quando aconteceu isso tudo, muitas pessoas conhecidas na viagem souberam o que aconteceu e decidiram não me contar, sabe se lá porque, mas jurei que avisaria caso visse algo similar acontecendo.
Só que recentemente, dando scroll no meu tiktok um vídeo de um casal apareceu e eu reconheci a menina, que é da minha cidade, com o webnamorado dela. Fiquei ok e segui a vida.
Porém hoje minha melhor amiga foi em uma festa de um grupo de amigos dela e a moça do vídeo estava lá, deu em cima dela e de outras pessoas, pedindo pra ficar, inclusive falou que não tava mais namorando o dito cujo. Quando minha amiga contou isso fui conferir o perfil do garoto e tava tudo lá, as fotos e até o nome dela na bio.
Pensei pensei e decidi avisar, pelo menos tentar.
Mandei todas as provas pro garoto, o relato da minha amiga e de mais outras pessoas e quem disse que ele acreditou? Ele ficou com muita raiva, disse que eu tava mentindo por "inveja" e falou que acredita na namorada com a vida.
Não me arrependo de ter falado, mas cara como é difícil tentar ser uma pessoa decente. Fico pensando se eu reagiria da mesma forma na época que me aconteceu ou acreditaria na pessoa.
submitted by throwwitbackaway to desabafos [link] [comments]


2020.09.27 06:20 Ju_costa23 desabafo

oi pessoal, eu me chamo Júlia tenho 17 anos e gosto de meninas, se eu falar algo que seja ofensivo, por favor me perdoe, eu estou confusa com tudo que anda se passando pela minha cabeça, enfim, eu desde mais nova sabe era a figura masculina das brincadeiras, ok, eu achava que apenas era uma menina que gostava de brincadeiras "de meninos", roupas "de meninos", e eu sou assim até hoje, mas quando a puberdade começou, e eu criei peito e meu corpo começou a ser difícil de esconder o meu rosto a minha voz são delicados e isso é tudo tão confuso, eu não sei com o que me identifico, eu me assumi ano passado e nem foi a minha sexualidade de verdade, disse gostava de meninos e meninas, mas eu sempre gostei só de garotas, meus pais não aceitam, nada que me faça ficar masculina eles gostam, deixam na cara, falam coisas lgbtfobicas o tempo todo, e eu não tenho ninguém que me entenda de coração sabe, mas enfim, ontem uma amiga da minha mãe disse que meus rosto é lindo, que meus traços são bem delicados e que tudo se encaixa em mim, eu me senti tão triste? Raivosa, decepcionada mas acho que principalmente surpresa, eu sei que tenho traços femininos até demais, eu tento tanto esconder essas merdas, me visto com roupas maiores, tento não mostrar tanto o rosto, engrossar mais minha voz, parece que todo meu esforço foi por água baixo, me senti sem chão em ouvir aquilo e odiar ter ouvido, e eu nunca gostei de ser mulher, já me imaginei como garoto, é bem legal a imagem que tenho de mim , me faz sorrir, mas tenho medo de estar equivocada e confusa, obrigada por ler até aqui
submitted by Ju_costa23 to transbr [link] [comments]


2020.09.27 02:03 ttttrack Tenho ou estou flertando com transtornos alimentares

Não sei se marquei a tag corretamente então desde já me desculpo. Bom, a mais ou menos três meses eu tenho começado um projeto para perder o peso que ganhei na quarentena, decidi fazer isso após perceber que tinha vergonha de olhar meu corpo no espelho. Meu projeto consistia em jejuns curtos de 16 horas mais exercícios e caminhadas, acontece que com o passar das semanas eu fui aumentando esses jejuns, parei com o de 16h e comecei a fazer dieta OMAD(uma refeição ao dia com até 500kcal sem nenhum tipo de carboidrato) por 31 dias, nesse período parei com os exercícios porque passava muito mal, mesmo sem os exercícios consegui resultados satisfatórios e isso me fez pensar que se passasse a restringir ainda mais oque como obteria resultados ainda melhores em menos tempo, dito e feito, passei a fazer jejuns de 120 horas(5 dias) frequentemente, ao terminar esses jejuns eu tirava um dia no qual poderia fazer três refeições saudáveis e no dia seguinte iniciava um jejum de 72 horas(3 dias) fazendo isso em um ciclo onde perdi 11kilos. Até ai tudo bem, mas acontece que no começo desse mês navegando no twitter descobri uma comunidade de garotas com t.a(transtornos alimentares), no começo eu não entendia muito bem como funcionava, mas em resumo essa comunidade se divide em duas: contas abertamente dedicadas a falar sobre suas experiências dentro do t.a(dando dicas de como esconder, como perder peso mais rápido, como fazer exercícios estando fraco e desabafos), geralmente essas contas usam siglas para se identificarem( nf = jejum, bi = bulimia, ugw ou mf = peso desejado, ed = distúrbios alimentares, dp = remédios sem prescrição médica que inibem fome, te fazem perder peso, vomitar ou tem efeito laxante) e outra comunidade camuflada(inicialmente parecem contas, normais com twits normais, mas na realidade cada twit é escrito usando "códigos" que consiste em humanizações de doenças, remédios, comidas e etc("Minha prima Bia veio hoje aqui em casa" = tive um ataque de bulimia, "Fui compar coisas com a Tina = comprei cloridrato de paroxetina ou fluoxetina, Anna = anoréxia, borboletana = hashtag usada pra exclarecer dúvidas). Quando descobri essas comunidades passei a me interessar por elas, inicialmente eu queria entender oque elas estavam falando, mas isso se agravou e acabei criando uma conta pra interagir e entender melhor a comunidade, no começo achava que eram pessoas romantizando transtornos(realmente tem gente assim por lá), mas me deparei com uma comunidade melancólica e deprimente, cheia de pessoas que buscam ajuda mas sempre recaem, e acabei ficando vidrada nela, comecei a usar a conta t.a mais que a minha conta pessoal e me tornar dependente da interação com as outras contas, me sentindo envergonhada quando não posto uma média de quantas kcal comi na semana ou não postar minha rotina alimentar e de exercícios(essas contas costumam ser usadas como um diário de dieta). Não acho o padrão estético desejado por essas garotas bonito ou agradável, maioria ali busca um corpo semelhante ao de suas trinspos(garotas que se inspirão de corpo esquelético), nem estou disposta a fazer metade do que fazem(remédios, cintas moderadoras e tals), mas já houverão duas ou três situações onde forcei vômito após comer algo não saudável ou após sofrer de compulsão alimentar, mas não quero ter um corpo magro padrão Bruna Marquezine, gosto do meu corpo com mais curvas que consegui depois de perder peso, porém continuo na comunidade. Ontem a noite vi um twit de uma garota que disse ter começado com dietas normais e após conhecer a comunidade desenvolveu t.a, por causa disso decidi desativar a conta e voltar pra pessoal, porém passei a me sentir ansiosa(como se estivesse escondendo algo) e hoje a tarde reativei a conta, tenho 1,63 e peso 53 kilos, eu deveria desativar a conta e seguir uma alimentação correta mas não consigo, por isso acho que desenvolvi ou estou perto de desenvolver um transtorno, desde já me desculpo por qualquer erro ortográfico.
submitted by ttttrack to desabafos [link] [comments]


2020.09.26 01:18 ____Wesley____ Perdi o resto da auto estima que tinha

Olá Luba e todas aquelas palavras chave
Por mais que pareça pelo meu jeito eu sou hetero;isso aconteceu hoje , a minha mãe contratou dois Seres "hetero tops"(eles deviam ter 14 ou 15 ( tenho 13) ) pra aterrar o quintal, sai pra área por alguns minutos ; vi que eles estavam rindo provavelmente pelo meu jeito já que ainda tenho uma voz fina e n coço(Sorry não sei cm escrever kk) meu órgão reprodutor em público e etc.,provavelmente na cabeça deles tava: "viadinho kkk" Eu como sou esquizofrênico pensei :"hmm eu n pareço hetero:/" E fui pro meu quarto chorar , pq desse kid eu me atraia pelo mesmo sexo , foi bem difícil gostar de garotas , o passado me prende nisso , hoje posso dizer q tenho 2 de auto estima
Bom se o Luba ver isso concerta o Fodrigo Raro pfvr :3
Edit: desculpa pela história merda kkk
submitted by ____Wesley____ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.25 15:27 Kasvai As amizades enganam,por mais de anos

Apesar de já ter superado a situação,achei que seria legal compartilhar.
Em 2014 (Tinha 9 anos),uma menina veio pra nossa escola,como eramos crianças,todos os meninos achavam ela estranha e tinham medo dela,incluindo eu. Conversava de vez em quando com ela e continuava achando ela estranha. Vou chamar ela de Amanda aqui.
Em 2016,ainda na mesma sala,eu acabo por sentar no assento na frente dela e,por isso,começamos a conversar com frequência,descobri então que ela era alguém super legal,conversamos por muito tempo sobre animes,um hobby que eu estava começando a desenvolver,que ela já tinha desde criança. Conheci vários animes incríveis por conta dela.
Em 2017 nós formamos um grupo de amigos em comum,composto por 7 pessoas,e tivemos 1 ano e meio muito legal juntos,brincavamos,papeavamos sobre como seriamos quando crescer,morar na mesma casa e tals,conversas bobas que,pra mim,tinha muito significado.
Em 2018,o grupo entrou em conflito total,não vou revelar o motivo das discussões,porém envolveu todos,o que acabou nos separando,3 pessoas foram para outras escolas e 1 pessoa foi para outro grupo,sobrando eu,Amanda e uma outra amiga em comum.
Em 2019,nós três eramos o que restava do grupo,mas não se importamos muito,conhecemos uma outra garota que se juntou ao grupo,e selecionou a amiga em comum como a melhor amiga dela,nada demais até aí.
Este ano,os trabalhos eram complicados e exigiam algumas reuniões presenciais dos alunos nas casas ou na escola no contraturno,foi aí que eu conheci a família da Amanda,e percebi que o motivo dela ser tão estranha pra quem não conhece,era ela ser a sombra da irmã dela,tudo que ela fazia,a irmã era melhor,a irmã tinha influenciado ela a assistir animes,percebi que ela sofria por causa disso,e então tentei ajudar. Fizemos prova de admissão em outris colégios juntos,estudavamos juntos,conversavamos quase todo dia,e tudo isso me deu esperanças de que eu estava ajudando.
Amanda,do nada,começou a ficar um pouco possessiva pela nossa amiga em comum,não aceitava que do nada alguém tinha roubado ela,eu pensei que era por conta dos problemas com a irmãe comentei isso com a menina que havia entrado no grupo aquele ano,e ela disse que também percebeu que a Amanda estava ficando possessiva demais,a Amanda começou a me ignorar no colégio e eu não estava entendendo nada daquilo,isso durou umas duas semanas,até que tomei coragem pra confrontar ela e dizer sobre aquilo,então mandei uma mensagem,algo como:
"Você está ficando um pouco paranóica com a amizade das duas,dá um pouco mais de espaço pra elas,você tem outros amigos também,tipo eu ou a *******".
A resposta que eu recebi foi a coisa mais horrível que me aconteceu,foi algo tipo:
"Desde o começo eu odeio sua personalidade,não sei como você pensou que seríamos amigos".
E ficou por isso mesmo,a minha melhor amiga por mais de 3 anos,do nada me manda uma dessa,eu fiquei totalmente sem chão,desolado,lutei tanto por ela simplesmente pra nada,todos aqueles rolês,o cinema,as besteiras,as risadas,ter que ouvir que tudo aquilo era falso e que eu tinha sido feito de bobo foi horrível.
A história acaba no ano novo,quando alguns amigos no qual eu estava passando as férias na praia pegam meu celular e ligam para o número dela,no qual eu fico bastante irritado e desligo a ligação,ela me manda uma mensagem:
"Oi,por que ligou?"
A partir daí nós tivemos nossa última conversa,na qual não quero dar detalhes,e decidimos cortar nossas relações.
Foi alguns meses depois para superar isso,mudei de colégio e conheci novas pessoas,hoje a frase "Não chore por ter acabado,sorria por ter acontecido" é uma das minhas frases favoritas,por mais que,talvez,as risadas delas foram falsas,as minhas foram reais,e eu me diverti muito enquanto durou.
Edit: comi palavras
submitted by Kasvai to desabafos [link] [comments]


2020.09.25 14:39 supfresh123 Desabafando e procurando conselhos. 26A M Bi

Me desculpem pelo textao mas eu vou tentar resumir o maximo possivel, mas é bem complexa mesmo a minha situação.

Nunca namorei, mas nao gosto de uma mina faz anos, desde os tempos de escola(por outro lado, a vida social eh quase nula, entao eu nao conheco gente nova ou coisa do tipo) mas a atraçao existe. Ja com menino, a atraçao/curiosidade existia(apesar de nunca insistir nela) mas nunca gostei de nenhum menino, só amizade mesmo.

Até que tudo mudou uns 2 anos atrás, conheci um cara, num jogo, ficamos amigos pra caralho, e comecei a sentir atraçao por ele também. Até ai nada de novo, o problema é que já se passaram 2 fucking anos e ainda gosto pra caramba dele como amigo, no nível da gente não ficar 1 dia sem conversar e tals e contar tudo um pro outro PORÉM a atração não somente ainda existe, como também ela só aumentou nesses 2 anos, coisa que nunca tinha rolado antes, não sei se é por existir essa amizade platônica ou se é a carência msm que chegou num certo ponto. lol

Aí vem o dilema, ele é hetero até que se prove o contrário, tem uma namorada de outro estado, que vê basicamente a cada 2 meses, e ele me diz que só ta com ela pq ele sente falta de alguem pra ficar junto deitado assistindo um anime, e isso acalma ele, que tem crise de panico e ansiedade. etc..
Ele fala muita brotheragem, sei lá, eu sei que é normal demais entre homens esse tipo de brincadeira, só que ele faz bastante mesmo.
"Ah use o gaydar" Cara eu não confio nisso dai não, porque se eu for por ele, eu diria que ele é bi 100%, no minimo curioso(apesar de o fato de eu gostar dele pode atrapalhar nesse julgamento), mas o melhor amigo do irmao dele, e que é também amigão dele, é Bi assumido e eu nunca desconfiei, normalmente acabei virando amigo dele tbm, como do irmão dele pra caramba. Ja viajei pra casa deles(mora em outro estado), viajamos juntos etc.
Ele me chamou já algumas vezes pra irmos numa boate, escolher umas garotas e irmos todos pro mesmo quarto(ele ta nem ai que ele namora), dai eu fui descobri mais tarde que o irmao dele, junto desse amigo deles, fazem direto isso, entao é uma coisa bem comum pra eles entre amigos.
Então esse "sinal" eu ignorei, mas tem tantos outros e eu não consigo diferenciar até que ponto é "normal" entre amigos msm.

Sim, ele é meu melhor amigo, a gente fala de tudo um pro outro, mas eu não tenho coragem de falar com ele sobre ser bi etc.. pq nem pra mim eu tenho isso resolvido.
Mas como eu descubro se ele também tem algum tipo de interesse sem ir direto ao ponto? Por outro lado eu não tenho certeza do que eu quero e se eu estou disposto a arriscar a amizade por conta disso, até pq como eu disse, é o meu melhor amigo.

Eu resolvi deixar rolar, porém já tem 2 anos e nada mudou, entao eu vou ter que fazer algo mas . . o que eu faço!!!?Alguem ja esteve numa situaçao parecida? kkkk
submitted by supfresh123 to arco_iris [link] [comments]


2020.09.25 13:18 VKS100earnings O DIA QUE MEU AMIGO PEGOU UMA CASADA

Olá lubixquinho do meu coração,gatas soltando lasers pelos olhos,Otto,Tia Carminha, Jeanossauro rex, tuxo o esquecido;-; , editores lindos, maravilhosos, perfeitos e gostosos
Contexto:essa história aconteceu com o namorado da minha irmã o Thomas Shelby (nome fake,pq ele é frio e calculista)
Isso foi em 2017
HIXTÓRINHA:ele tava na rua andando e viu uma garota bonita e decidiu esbarrar nela para puxar papo
Ele esbarrou nela e levou uma lição de moral sobre prestar atenção por onde anda e ele conseguiu puxar papo mas quando ele chegou na idade... Ele tinha 16 e ela 27 kkkkk
Então eles começaram a conversar ele mentiu dizendo que tinha 19 (e realmente parecia pq a voz dele é grossa e ele é MT alto)
Ela acreditou
Papo vai,papo vem
Até que a Raynara diz: você gosta de mulheres mais velhas?
Thomas Shelby:sim,por quê?
RAYNARA: é por quê eu achei você bem legal
Thomas Shelby:eu também, agradeço
Raynara:pelo visto um cavalheiro,como você sabe tratar uma mulher!
Thomas Shelby: obrigado,e a senhora é uma bela dama!
Raynara:um monte de coisa MUITO sexual para mencionar
Thomas Shelby: CENSURADO
Raynara:tchau até mais
Thomas Shelby:tchau até!
2 semanas dos eles continuaram conversando até que a Raynara chama o Thomas Shelby para dormir na casa dela
Raynara:olha é... você quer dormir na minha casa hj?
Thomas Shelby: é claro que sim,querida!
A esse ponto eles já eram amantes só que ele não sabia que ela era casada
Então eles fizeram "aquilo"
E o Thomas Shelby se veste,sai de lá e da de cara com,o marido dela kkkkk
Thomas Shelby:bom dia senhor paractus (Sobrenome fake)
Marido dela:Bom dia, você é o Thomas não é? O garoto que esbarrou na minha esposa e derrubou todos os documentos dela
Thomas Shelby:sim,eu mesmo
Dps disso o Thomas se apressa pra ir chega em casa me encontra na sala vendo TV me conta tudo
Minha única reação foi dizer:mano,que filha da poopagem (efeito abelhão)
Se você leu até o fim beijim no ombro
submitted by VKS100earnings to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.24 21:56 BardoCaminhante ela esta solteira e eu preso no meu mundo

acho que já falei sobre uma garota a um tempo aqui mas resumindo, a gente tinha uma uma amizade colorida, ela se apaixonou, eu não me liguei nisso, fiz merda, ela ficou triste e começou a namorar com uma amiga nossa. Depois nos distanciamos e eu comecei a sofrer por perder uma mina daora pra karalho e passou uns meses, eu dei uma melhorada mas até hj ainda sinto algo.
Esses dias os parça mando uma print no nosso grupo de um post da namorada dela falando que ia desativar o face por tempo indeterminado, na hr imaginamos, um parça perguntou pra ela e ela respondeu que não estava mais namorando... A gente até trocou algumas mensagens mas não era como antes, agr ela ta postando bem mais status e sendo mais ativa em redes sociais do que quando namorava...
É isso, ela está livre mas nossa relação não é mais a mesma dnv, fazer oq? a vida é assim amigos, toda ação tem uma reação.
submitted by BardoCaminhante to desabafos [link] [comments]


2020.09.24 16:34 roody_mirys Tenho HPV.

Peguei HPV no meu único namoro. No início nasceu uma bolinha, como um pelo encravado, na base do meu pau, continuei me depilando com gilete e aumentaram as bolinhas, até eu perceber que aquilo não estava certo.
Nunca tive uma vida sexual bem desenvolvida, fui começar a transar só depois dos 19 e iniciando as relações com prostitutas, fiquei com poucas garotas "civis", acredito que umas 7 que não eram profissionais do sexo. E muitas, muitas prostitutas, mesmo. A maioria das relações foram com proteção, mas confesso que fiquei com umas três prostitutas sem camisinha, nunca contraí nenhuma DST dessas relações, apenas com a minha primeira namorada, com quem me acostumei a foder no pelo. Agora acho complicado de usar camisinha, não sei se consigo voltar a usar, pois sempre demoro pra gozar.
O principal problema da minha vida sexual deve ser resultado de um estupro ainda na infância, a minha família também é muito religiosa, então tinha aquele papo de não ficar com qualquer pessoa e buscar uma relação séria, além dos problemas de grana. Não dá pra namorar sem ter dinheiro, né? E éramos uns fodidos, na parte de grana, na infância e adolescência.
Em uma conversa com essa minha ex, logo que começamos a namorar, conversamos sobre DST e sobre nossas vidas sexuais anteriores, contei tudo pra ela, e ela me falou do HPV, disse que foi curada. Na verdade o HPV pode ser tratado, removendo as lesões, mas provavelmente deve ter continuado na pele dela, sem ser detectado, a garota deve ter desenvolvido resistência aos poucos, não criando novas lesões. Eu me fodi, mais uma vez, lembro que logo no começo eu pensei em tomar a vacina, mas depois esqueci do caso. O HPV também pode surgir entre 2 meses até 20 anos, então pode ser que nem tenha contraído dela, mas isso já não importa.
Faz pouco mais de 9 meses que estou tentando tratar isso, segundo a internet, a maioria dos casos são resolvido em média até 24 meses. Isso é uma merda, eu tenho que queimar o meu pau com um produto químico, para reduzir as verrugas e pros meus anticorpos terem chance de combater o vírus. O medicamento que melhor funcionou, por hora, foi a podofilotoxina. Ainda quero testar o imiquimod. A maioria dos médicos me parece despreparada, só querem queimar esses troços com ácido tricloroacético, mesmo eu explicando que esse produto mais me causou cicatrizes e ainda espalhou mais o vírus do que trouxe bons resultados. Eles nem se quer apresentaram o imiquimod ou a podofilotoxina como opções de tratamento, só achei isso pesquisando na internet. Só espero que esse trambolho não vire um câncer.
Em quanto isso, me reservo na solidão, parei de transar assim que comecei o tratamento, não confio em camisinhas porque elas não cobrem toda a área da lesão, pois é na base do pau, não quero correr o risco de encontrar uma pessoa legal, de quem eu goste e acabar passando isso pra ela. O foda é ter que arrumar desculpas pra não transar, sou mais ou menos bonito e chamo a atenção das mulheres, há bastante assédio por parte delas, também estou bem empregado, então não há mais impedimentos na parte financeira e a minha confiança melhorou muito, superando vários aspectos do trauma do estupro. As coisas se acertaram, mas agora me aparece isso. Devo ter feito muita coisa errada na sexualidade da vida passada, esse troço só pode ser carma.
Moro em uma cidade pequena, menos de 5 mil habitantes, me mudei faz um ano, acho que estou ficando com fama de ser gay, por ter que dispensar as mulheres.
submitted by roody_mirys to desabafos [link] [comments]


2020.09.24 05:14 HondyS Historico de merdas até 2014

Não tem jeito poético ou "bom" de começar a falar sobre a própria vida como se ela fosse algo surpreendentemente interessante, ou triste.
Então vou começar do começo:
Algum dia no ano de 2007
Quando se trata de "primeira memória" eu não sei o que vem na cabeça das pessoas, por isso eu acho importante citar a minha memória mais lúcida e mais antiga, antes que ela suma da minha cabeça que nem tudo que veio na sequência dela.
Me lembro de ter sido a primeira e última vez que me vi brincando com minha mãe.
Estavamos no terreiro da casa da minha avó, brincando na terra com alguns carros que eu tinha, ela sentada num tijolo e eu sentado no chão, que era basicamente terra com mato.
Me lembro de vê-la sorrir antes de ser chamada por minha avó para resolver alguma coisa, ela me deixou brincando sozinho.
Aquela foi a primeira vez que eu me senti amado, mesmo que por pouco tempo. Eu queria muito lembrar de muito antes disso, e na verdade até lembro, mas são fragmentos distorcidos demais para se chamar de "lembrança" de fato.
2008
Considero esse ano o mais marcante da minha vida, por alguma razão eu sinto que MUUUIITA coisa aconteceu em 2008...
Eu lembro de ter amigos, de brincar com eles todos os dias, de me sentir trocado quando eles brincavam com outras crianças, de me sentir sozinho quando minha mãe ia trabalhar na cidade vizinha..
Eu sentia tanta coisa pra um moleque da minha idade, mas todos os sentimentos tristes iam embora quando algo feliz acontecia. Lembro de ter ganhado uma bola gigante que um cara passou vendendo, com um suporte de ferro gigante junto de um carrinho, haviam dezenas de bolas iguais e eu havia ganhado uma delas. Meu avô havia me dado.
Lembro dele ser muito bom pra mim, ele é assim com todos os netos dele, e se eu possuo uma memória ruim daquela época com ele eu prefiro esquecer, provavelmente eu fui danado demais e mereci levar algumas reclamações, ou talvez uma chinelada... Não sei dizer o que realmente aconteceu, mas como uma criança eu nunca deixei de amar ninguém por isso, as vezes passamos do limite em sermos chatos né.
Hoje em dia eu costumo olhar do passado e culpar essa criação como a principal fonte dos meus sentimentos reprimidos, do meu ódio.
Talvez tenha sido isso mesmo, mas 2008 não foi so onde meu ódio nasceu. 2008 foi quando eu descobri os principais sentimentos humanos e a natureza deles. Eu descobri que gostava de Garotas ao me aproximar da minha prima bobona. Eu percebi que eu estaria sempre sozinho se eu fosse depender dos meus amigos. Eu aprendi que eu não devia confiar nem mesmo em quem dizia ser minha família. Também aprendi o que é perder alguem... e aprendi que quem tem um pai presente, tem muita sorte.
Muito mais coisa aconteceu em 2008, se eu fosse fazer um "não-resumo" de tudo, seria grande demais, vamos pular para os anos seguintes que originaram meus principais traumas psicológicos e físicos.
2010 - 2014
Estava tudo ocorrendo normalmente e eu aparentemente cresceria como uma criança normal e fragilizada devido a criação precária em relação ao meu psicológico, pois para minha mãe, só ter comida na mesa bastava, e eu não culpo ela, que pais se importam com a saúde psicológica dos filhos? Se você não é um aleijado, eles não estão nem ai.
Mãe achou que era uma boa ideia por um homem na nossa vida depois que meu pai parou de ser uma opção definitiva. Foi ai que conheci meu futuro padrasto e fruto do meu ódio. Vamos chama-lo de "Merdastro" em homenagem a Chloe.
(Aquela personagem de life is strange, que você talvez conheça)
Meu Merdastro fisgou minha mãe como uma garrafa de farofa atraí uma Piaba. Ela mal conheceu ele e já estava namorando, não demorou muito pra eles se juntarem numa casa só e minha vida virar um inferno.
Como todo Merdastro, ele começou amigável no começo, me tratando como se eu fosse o irmão mais novo dele, afinal ele só tinha 18 anos, era quase a idade pra ser meu irmão mesmo. Mas com o passar do tempo ele revelou sua verdadeira face.
Ele era um filho da puta que implicava por qualquer motivo e que enchia a cara sempre que podia pra fazer confusão dentro de casa, e quando ele brigava comigo, mãe estava sempre do lado dele pra apoia-lo. Isso me feria profundamente pois eu amava ela demais, e vê-la me ignorar para seguir aquele maníaco me fazia ficar muito pistola. Um dia por que eu não parava de chorar devido a ela não me deixar sair de casa, ela resolveu que seria uma boa ideia me bater com uma corda molhada, isso por que meu padrasto me mandou calar a boca diversas vezes e eu continuei chorando.
Talvez para ele não me bater, ela se colocou no lugar. Talvez ela se arrependa, pois ela nega até hoje e diz que eu inventei isso, porém NÃO.
Nesse dia depois de levar uma surra e ficar com as costas marcadas, eu pulei a janela de casa e em seguida o muro, corri pra casa da minha avó em busca de abrigo e mãe foi me buscar logo depois, ela discutiu com meu avô mas logo isso passou batido como qualquer problema familiar comum.
Os anos foram passando e meu padrasto se tornava ainda mais cuzão, eu evitava ficar muito tempo em casa, então eu tava sempre na rua brincando com meus amigos, fazendo o possível pra me divertir antes de ter que encarar um inferno quando voltasse pra casa. Por sorte meu Merdastro era Crediarista então uma parte do mês eu só tinha que aguentar mãe no meu pé, e ela era mais amorosa quando ele não estava por perto, mais calma... É isso que chamam de amor, porra?
Eu aproveitava pra caralho brincando com meus amigos na época, vou chama-los por codinomes pra evitar expor eles.
Eramos cinco no total:
Absorvente
Macaco
Tijela
Hentai
Cachorra
SIM VADIA ESSA ERA MINHA CREW
Iamos pra de trás da casa de Hentai para brincarmos nos cajueiros, que era tipo mato, arvores fáceis de subir, nosso esconderijo e base do "clube", chamemos assim. Naquela época eramos todos crianças burras e ingênuas, passavamos o dia e a noite toda fazendo merda. Já ficamos presos em cima de uma arvore por que um boi ficou em baixo dela e não nos deixou descer. Já fizemos armas com canos e bexigas, essas que atiravam feijão. Lembro de mãe ficar puta comigo por que eu desperdiçada um saco de feijão brincando de "call of duty" na rua com eles, já quase ceguei Macaco com um tiro de feijão na fuça, bons tempos.
Eu poderia contar como conheci cada um deles mas eu acho isso bem chato então vamos de timeskip.
Um ou dois anos depois de tudo isso, meu padrasto chegou bêbado em casa e quis dar uma surra em mãe na minha frente, mas ele estava tão tonto que só quebrou uma mesa de vidro em vez disso. Mãe usou alguma artimanha de mulher (vocês sabem o que é) e conseguiu leva-lo pro quarto, fazendo-o dormir.
Logo depois disso nois dois pulamos a janela e fomos ate a casa da minha avó procurar ajuda. No dia seguinte ele foi preso.
Porém minha alegria durou pouco, mãe retirou a queixa um dia depois. Ela se separou dele depois disso.
Nos mudamos para uma casa diferente e aparentemente mãe havia se tornado uma solteirona cachaceira cheia de amigas piriguetes, essa época foi reveladora pra mim em quesito PUTARIA, pois essas amigas de mãe falavam muita merda e as vezes eu era obrigado a ouvir. Uma delas vendia produtos eróticos, tipo lubrificantes, calcinhas comestíveis e remédios para velhos-casados-broxas poderem levantar o pinto. MEU DEUS COMO ESSAS COISAS (exceto o lubrificante) eram vergonha alheia.
Até ai tudo bem, mãe saia para beber e me levava junto pra todo bar e festa, que eu soubesse ela não se envolvia com ninguém. Por que... ADVINHA, PLOT TWIST: ela ainda gostava do Merdastro.
Uma noite ela resolveu trazer ele pra nossa vida de novo, quando eu implorei chorando pra ela não fazer isso, ela me mandou calar a boca. E subiu com ele pra fazer vocês sabem o que. E eu tive que me contentar com o barulho deles e meu choro de fundo.
Foi nessa época que meu ódio começou a ser cultivado pra valer.
Não acabou ainda, até 2014 tem chão...
Não citei antes, mas um problema me incomodava já fazia um tempo. Eu tinha um tumor ósseo na lateral do meu joelho, ele aos poucos estava me impedindo de ser alguém fisicamente ativo, por "sorte" ele era benigno e não iria se espalhar e me matar. E também por "sorte", era muito raro e ninguém sabia como resolver. O diagnostico foi que eu não poderia retira-lo até parar de crescer, pois iria deixar minha perna maior que a outra. Eu estava condenado a viver com aquilo me limitando por alguns anos, e foi ai que perdi minha única forma de escapar de casa pra me divertir.
Sem poder correr, pular, chutar ou escalar, eu vivia dentro de casa jogando no computador e aguentando os surtos de mãe.
Sempre que eu tentava ignorar meu tumor e correr, eu sentia uma forte dor aguda, como se alguem tivesse acabado de moer meu joelho num triturador. Era horrível e não desejo isso pra ninguém.
Pra piorar tudo, não passamos um ano sem o babaca, e não bastou pra mãe transar com ele escondido, ela resolveu aceitar o pedido de desculpa dele e repensar o relacionamento dos dois.
Ele levou a gente numa pizzaria para se desculpar e pedir perdão. Ele chorou pra gente enquanto prometia melhorar. Enquanto mãe chorava com ele, tudo que eu fazia era observar com um olhar de "Pff, patéticos"
Como eu não tinha opinião ali, Não importava o que eu fizesse, ela iria aceita-lo de volta. Quando eu cheguei em casa depois daquilo eu gritei muito com ela.
Ela me disse: "quando você amar alguem um dia, você vai me entender"
Isso pode ser qualquer coisa, por mais estúpida que seja, mas amor não era. Infelizmente por uma decisão egoista dela, eu seria obrigado a passar pelo exato mesmo inferno de novo.
Mais tarde em 2014
Ano desgraçado né? Espera só.
Algum dia eu continuo isso.
submitted by HondyS to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 08:10 solitary_n_broke Fui humilhado pela minha amiga por beijar mal

Me aproximei dessa garota esse ano pela internet e a gente conversou sobre muita coisa, principalmente pela internet, mas só tinha se encontrado uma vez, antes da quarentena, e há umas semanas ela disse que queria ficar comigo. A gente marcou ontem (terça-feira) de se encontrar, e por falta de um lugar melhor a gente veio pra minha casa. Foi bem legal ver ela, e tava legal conversar, até eu ficar bem tímido com ela perto da minha mãe. Depois a gente veio pro meu quarto, mas eu continuei tenso (tenho ansiedade social, acho que ajuda a explicar). Papo vai, papo vem, a gente se beija por pouco tempo e ela diz que tá dividida entre me achar fofo e estar com vontade de rir de mim (achou o beijo horrível). Eu queria sumir na hora (ainda quero), e depois de eu sugerir beber alguma coisa pra me soltar (vai que ajuda) ela começou a falar pra eu ser eu mesmo e não me forçar a ser quem não sou, fazer terapia pra me ajudar nisso, e que tava tarde e precisava ir embora. Achei bons conselhos (realmente quero voltar pra terapia logo), mas vindos numa péssima hora, já que ela só me disse isso porque achou o beijo ruim. Me sinto completamente ridículo por ter 19 anos e não ser capaz de dar um beijo decente, e mais ainda por ver ela rir de mim sobre minha, talvez, maior insegurança.
Vocês acham que ela foi babaca e eu devia me afastar, ou não devia me afastar porque ela não foi tão babaca assim? Falo alguma coisa pra ela? O que eu devo fazer além de procurar terapia? Faço o meu melhor pra superar meus problemas com socialização e pra pegar mais mina, como que treinando pra ficar menos tenso na hora de beijar e tentando melhorar nisso com a experiência. Também procurei todo tipo de dica na internet sobre como beijar, mas nada me ajudou. Eu finalmente achei que podia ter deixado esse medo de beijar mal pra trás (provavelmente fiquei tanto tempo sem pegar alguém com a quarentena que me convenci de que eu não beijava mal), mas agora voltou aquele medo de ficar com qualquer mina por achar que vou me queimar com ela com meu beijo horrível.
submitted by solitary_n_broke to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 03:33 jap-3 receio de ver ela com outro

é uma relação bem casual, quase nunca nos falamos e saimos algumas vezes, tranquilo. Mas nesse ultimo mês nos aproximamos, e acabei criando um sentimento, ela nao quer nada serio, mas ultima vez que vi ela com outro cara, meu coração doeu, e nao consegui dormir aquela noite. Ela se afastou esses ultimos dias, mas ainda penso nela. E descobri que ela faz a mesma faculdade que eu vou prestar(e pega o mesmo metrô e monotrilho pra voltar) entao nao vai ter como evita-la. Ela é uma pessoa bem amigavel, entao vai se aproximar de novo, só que, tenho receio de ver ela com outro e isso atrapalhar meu rendimento nos estudos, mas nao vou escolher outra faculdade só por causa de uma garota, alguma ideia de como lidar com isso ?
submitted by jap-3 to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 03:32 MEIXXMO Apenas expressando minha raiva :)

Alerta palavras de baixo calão que eu odeio falar, mas é, não dá pra segurar :)
Porra cara, acham que eu tenho paciência infinita?? CARALHO, VAI SE FODEER
O BOSTA do meu irmão fica gritando enquanto joga essas merda de jogo, sério, ele não faz mais nada além disso. As aulas online? Ele meteu o foda-se e reprovou em sei la o que.
Esse filha da puta adotado ("adotado" é zoeira :v porque a minha que não é puta saca) NÃO FAZ ABSOLUTAMENTE NADA. Ele só fica sentado lá com a bunda gorda achando que tá certo ficar gritando, que ta certo ficar pedindo coisa cara pra minha mãe, que ta certo não obedecer ela, enquanto tipo, ela só pede coisa basica cara.
Esses dias eu lavei a roupa, estendi, tirei e dobrei e guardei só as minhas, aí, naturalmente, minha mãe pediu pra ele guardar as coisas dele e acabou que ele só jogou as roupas dele na cama dela (eu, minha mãe e ele ficamos no mesmo quarto, aí as camas são encostadas, e ele só jogou de lado) PORRA VELHO
Quando EU desobedeci ela fiquei um ano sem celular, enquanto ele não ficou NEM UM DIA. VAI SE FODER
Esse moleque é um folgado mimado do caralho, fica pedindo pra eu fazer doce pra ele, fica cheio de mimimi com "por que você me odeia?" HAHAHAH MESMO SE EU GOSTASSE DE VOCÊ, O QUE NÃO É O CASO, EU NÃO FARIA, SEU MONTE DE LIXO. POR QUE SERÁ QUE EU TE ODEIO? HEIN? TALVEZ SEJA ESSAS MERDAS QUE VOCÊ POSTA? "Eu entendo as pessoas que querem se matar" VAI SE FODER. VOCÊ NÃO TEM NOÇÃO DO QUÃO MERDA É ESTAR CIENTE DA PROPRIA MORTALIDADE O TEMPO TODO.
O sentimento que faz você do nada chorar, querer gritar, descontar no próprio corpo, o sentimento que faz você querer nunca ter nascido, que te faz pensar que você não merece um amanhã, que você, mesmo levantando da merda da cama, te faz saber que você so vai ser a inutil de sempre. VAI SE FODER. EU TE ODEIO.
Eu quero tanto, tanto subir em cima dele enquanto dorme e envolver minhas mãos no seu pescoço. Quero ver a sua expressão desesperada, com medo e arrependida. Já imaginei tanto isso e sei que nunca vou fazer por ter noção, mas ainda assim, ah... Não podem me prender por imaginar, certo? Isso não é errado, afinal, não posso controlar isso. Essas são somente as consequências das atitudes dele, o rapaz que não para de me encher o saco, que fica chorando pra mamãe toda hora se eu faço qualquer coisinha, VAI SE FODEEEER
Porra, que raiva, sério, eu odeio tanto ele... E adivinha, por ele ficar gritando, o meu vô não para de reclamar PRA MIM. ELE FICA FALANDO PRA EU MANDAR ELE CALAR A BOCA, MAS POR QUE EU TENHO QUE FAZER ISSO??? ELE NÃO ME OUVE, QUANTAS VEZES FALEI ISSO PRA ELE? VAI SE FODER, NÃO SOU ALGUÉM PACIENTE, A QUALQUER HORA EU VOU SÓ CHUTAR AQUELA PORTA QUE FICA DO LADO DA CADEIRA DO MEU IRMÃO E COMEÇAR A GRITAR COM ELE SE ISSO CONTINUAR
EU NÃO AGUENTO MAIS. PORRA. VAI SE FODER
Enfim, hoje tá tão chato, esse dia tá uma merda, ou sei lá, eu que acordei com o pé esquedo hoje, porque ahhhh droga
Hoje eu comi um tostex de almoço, uma banana como janta e pra encher a barriga fiquei bebendo um monte de água e mais da metade da panela de brigadeiro, e tipo, eu achei o leite condensado no fundo do lugar lá, do armario, sei la, e agora não sei se tava podre, porque minha barriga tá mal... mas o leite condensado teria cheiro ruim não? A vey, foda-se, não importa, mesmo se eu souber minha barriga vai continuar nessa
AAAAHHHHHHH
e no fim desse dia irritante, minha mãe fez uma vozinha que é fina com uma dança qie me irrita porque sei la, VER GENTE FELIZ ME IRRITA? TUDO ME IRRITA? EU NAO SEI MAIS, DO NADA EU NAO TO CONSEGUINDO FICAR DE BOA, COMO SEMPRE, SEM ME IMPORTAR E SEI LA, MESMO SE EU PENSAR NA MINHA CACHORRINHA EU FICO COM RAIVA PORQUE EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER.
Eu to sentindo culpa, tipo, teria sido melhor se ela não tivesse comprado ela... tipo, eu não acho que sou uma boa dona ,_, eu sempre trato ela com carinho e não esqueço da comida dela (tanto que ela tem 1 quilo a mais do que deveria ter : ^ ) mas eu não sou alguém eletrica, alguém que tem energia pra brincar ou sei la, porque eu sou uma sedentária de merda sabe...
E eu brinco com ela sim, eu vou e pego os brinquedos da boca dela e jogo ou fico puxando a minha manga que ela morde (eu deixo mesmo, ela é fofa demais) mas sei la, parece não ser o suficiente... tipo, quando eu passeio com ela é aqui no quarteirão, algo bem rápido que já me faz suar pacas, mas não é o suficiente...
Ela agora tá lambendo a patinha dela saca, aparentemente indica que ela está nervosa (de acordo com o google e meu padrasto que já teve varios doguinhos), e eu to me sentindo um lixo de dona, porra, ela também não para de chorar querendo que eu pegue as coisas que ela deixa de baixo do sofá (o que ela faz propositalmente pra me chamar pra brincar, o que eu acho fofo/divertido/inteligente mas o tempo todo acaba sendo irritante, mas eu não quero ficar irritada com ela e AHHH MERDA MERDA MERDA MERDA MERDA
EU SOU UMA MERDA QUE RAIVA
EU QUERO SER ALGUÉM MELHOR, EU QUERO FAZER EXERCÍCIOS PRA FICAR BONITA E ESTUDAR UM MONTE PRA SEI LA, IR PRA UMA FACULDADE OU FODA-SE SACA
Mas ainda assim, eu penso "pra que?"
"Isso vale a pena?" "Mesmo se eu conseguir, e daí?" "eu deveria só prar totalmente com esse esforço inútil"
Sabe, sempre que eu lembro de esforço eu lembro de um dia horrível que tive antes dessa pandemia na minha escola.
A gente tava jogando queimada ae eu era a última pra conseguir acertar alguém pro nosso time ganhar, e tava todo mundo gritando comigo. "Se nao queria não jogava" "vai logo" "o x é melhor" e outros gritos que realmente só me fizeram piorar... isso somado ao fato de que quando eu jogava a bola, o garoto pegava e jogava pro outro lado da quadra, o que realmente estava me cansando...
Eu lembro exatamente o que eu tava pensando naquela hora, o que é vergonhoso demais pra eu escrever, mesmo sendo na internet ; -; ksk, mas é, Ai no fim, faltando 10 segundos, naqiela contagem regressiva eu fui e consegui acertar ele, e eu nunca me senti tão mal.
Todo mundo tava alegre, cantando Vitória e dando toca aqui, enquanto eu tava lá patética chorando demais, e nessa hora eu fui correndo pro banheiro, e até hoje eu não sei se aquele urro que eu dei de dor foi muito alto, porque depois de alguns minutos um monte de garotas apareceram lá, e depois a professora de ed. Física apareceu.
Eu me arrependo daquele dia, eu fui babaca quando deixaram um copo de água lá pra eu beber e eu chutei ;-; eu sei quem foi, não sei como, mas queria pedir desculpas... sei lá cara
Quando a professora começou a falar eu só tapei meus ouvidos e fiquei lá, em cima da privada, escondendo meu rosto com minnhas pernas enquanto chorava. O quão patética eu sou? E depois, quando eu tava na aula, o rapaz que eu acertei e que tava jogando a bola pro lado oposto que eu tava me pediu desculpas e saiu. Eu nunca me senti tão miserável, porra, ele não fez nada, ele não devia pedir desculpas, ele só tava jogando de boa. E eu lá, só concordei com a cabeça e quis chorar de novo.
Porra, antes eu tava mo puta, agora to triste bagarai ;-; kkkkkkkk, que merda, escrevi outro testamento ,-,
submitted by MEIXXMO to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 02:23 sifodavodaoku Eu fui um retardado e hoje me sinto extremamente mal com isso

É... No colégio, eu conheci uma garota, ela era incrível, mas naquela época eu era meio podemos dizer que, babaca, diversas vezes eu estraguei ótimas conversas simplesmente por querer ser melhor que todos, eu não sei explicar bem, mas, eu simplesmente me sentia muito bem fazendo aquilo
E é aí que entra a menina citada anteriormente
Em maio daquele ano, eu tinha mudado de casa, eu fui pra um bairro completamente novo, aonde eu não conhecia absolutamente ninguém, na escola eu também não conhecia ninguém, por sorte, eu sabia rimar, e assim consegui me "infiltrar" nos grupinhos que já estavam formados, porque todos ali se conheciam (pelo menos na minha sala), eu formei amizade com quase todos meninos da minha sala, mas pra falar com meninas eu era horroroso, até que, 2 meses depois (ou seja, julho) eu comecei a falar com algumas meninas (isso pode ser meio pejorativo, mas elas eram as mais chatas daquela classe, afinal, começamos de baixo não é mesmo?)
Até que eu conheci ela, todos da sala gostavam dela, e eu admito e todos daquela sala sabem, ela era bem burrinha, mas era muito bonita e "patricinha"
Digamos que absolutamente TODOS daquela sala queriam estar com ela, e eu, não sei se por sorte ou azar, consegui me aproximar muito dela, muito mesmo, eu tinha o número dela e tudo mais, por isso começamos a conversar, muitas vezes de madrugada, naquela época eu usei de desculpa que eu estava com sono (mas espera, usou essa desculpa pra que ocasião?)
Bem, um dia, conversando sobre trabalhos da escola ela me falou que sentia algo por mim, logo eu, jovem emocionado, comecei a me ser um BABACA, comecei a dizer que não gostava dela e nunca tinha sentido nada (isso era, como já explicado, pra eu me sentir melhor que ela, assim meio que pisando nela) quando na verdade, eu já tinha múltiplos planos pra me declarar pra ela kkk
No dia seguinte, ela foi a aula, e eu também, pagando de "bonzão" por ter recusado e "tirado" com a cara da garota mais linda da sala.
Quando eu percebi que tinha sido um babaca, já era meio que tarde demais, ela me bloqueou e me ignorou o resto do ano inteiro, e pior ainda, com, ela um mês depois de tudo, assumiu namoro pra todos da sala, com meu melhor amigo
Eu parei de fazer o que fazia, nós no ano seguinte fizemos as pazes, até cogitamos namorar, mas ela mudou de casa, e desde então nunca mais vi nem falei com ela
submitted by sifodavodaoku to desabafos [link] [comments]


2020.09.23 00:47 odlavinroinuj Tô com o saco muito cheio de tudo. Cadê você, Cthulhu?

Queria saber por onde começar meu desabafo, os pontos principais são falsas amizades, espiritualidade e força de vontade, deixa eu tentar organizar as ideias.
A raiva que existe dentro de mim parece não caber no mundo. Desde pequeno, eu sempre fui muito bonzinho com todos ao meu redor, não tinha maldade nenhuma. Com isso, os abusados se aproveitavam da minha boa vontade e eu só fui perceber isso depois virar homem (tenho 27 anos, percebi que era bonzinho demais quando tinha 25). Nego que andava comigo desde a época da escola, só fazia me criticar negativamente, tentar me diminuir para que eles pudessem parecer maiores, e até eu mesmo às vezes blasfemava contra mim mesmo, a fim de agradar quem me cercava. Só de pensar em tudo isso, a raiva começa a borbulhar. Agora, não consigo confiar em ninguém além de mim mesmo. Talvez seja esse o aprendizado que devo levar dessa vivência, né Renato?
Sobre espiritualidade, é uma área que não tenho muito conhecimento, mas tenho sentimento. Tem tanta coisa na minha vida que parecia que daria tão certo, mas por qualquer circunstância alheia a mim, deixou de acontecer. Relacionamentos, empreendimentos, mínimos momentos que eram para ser agradáveis, nunca existiram. E o pior é que tudo parece se derivar das falsas amizades que me cercavam, que nunca quiseram me ver bem. Se eu for contar os detalhes de tudo que aconteceu, dá um livro, quiçá uma trilogia, mas vou tentar resumir. Eu tinha boa fama entre as garotas, quase um príncipe. Nessa época, eu ficava com uma das garotas mais gostosas da cidade (desculpe pelo adjetivo, mas 'linda' não se encaixaria tão bem). Eis que as "amizades" começam a me tirar do meu caminho, me levaram em puteiro durante esse tempo, me embriagaram e fizeram eu ficar com transsexual, enfim, deu pra entender? Imaginem o menino bonzinho, que nunca sonhava ir em zona, sendo influenciado por esses pedaços de bosta, sendo desvirtuado por ser inocente demais e não imaginar a maldade alheia. Minha boa fama na cidade acabou, me fizeram pensar que eu era 'putão', mas era um TROUXÃO. Imaginem a raiva dentro de mim, após analisar todo esse histórico, e ainda faltou os detalhes (vou guardar pro livro :P).
Sobre força de vontade, é o que manda na vida, né? Fui demitido sem justa causa no começo de Março, e desde então procuro fazer o que realmente quero da vida, que é trabalhar com música, seja como produtor ou como artista. Mas viver de música no Brasil é um sonho muito alto, ainda mais pra quem é de família conservadora, que só queria um filho engenheiro, igual a minha. Então to agregando o design gráfico e outras mídias (vídeos etc) para ver se amplio meu atendimento. Com o dinheiro do acerto, comecei a montar um home studio e com o seguro-desemprego, tirei uns meses pra produzir o meu primeiro álbum com músicas autorais (quem quiser conferir: https://hermesomensageiro.bandcamp.com , considerem como uma demo, vocais foram gravados dentro do guarda-roupa). 100% produzido por mim, baixo batera e master feitos digitalmente. O fato é que eu não tenho amigos, parece que nunca tive. Desde quando saí de casa pra trabalhar, em 2015, fui me tornando uma pessoa solitária, e me acostumei com a solitude. A fim de tentar escapar um pouco da solidão, fui pro Tinder, mas lá nunca deu muito certo, eu chego a suspeitar que tem até algo no quesito espiritual, porque as poucas combinações que aparecem custam a me responder, só ignoram minhas mensagens (vê se a carcaça tá muito ruim: https://tinder.com/@hermesomensageiro) Eu lembro de uma frase que vi no filme 'Into the Wild', "Happiness only real when shared", e vou compartilhar a minha com quem? Parece que ninguém quer me dar oportunidade.
Eu não sei se precisava ter escrito isso tudo, talvez fosse só ter perguntado: alguém conhece um pai de santo bom de serviço pela região de Belo Horizonte? Sei que eu tô cansado das coisas darem errado na minha vida. Quero e vou fazer tudo que for preciso pra dar certo, se for preciso invocar Cthulhu, cês me perdoem pela destruição :P
Agradeço pela atenção, ótima noite pra nós _/\_
submitted by odlavinroinuj to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 23:58 loser9ne E se hoje fosse seu ultimo dia de vida, o que faria ?

"Já lembrou de que você vai morrer ?" uma pergunta bem forte para alguns e tola para outras. A morte esta sempre por aí, como um fantasma que você cruza todo dia, existem varias formas de morrer: eletrocutado, atropelado, baleado, câncer, uma bigorna pode cair na sua cabeça, mas ninguém consegue imaginar a própria morte, esquecemos toda vez disso, não somos imortais. um dia tudo acaba, parece Ninguém tem tempo pra pensar nisso. Um dia a morte vai bater na sua porta e falar :" ta na hora " eu fico só triste de imaginar meu próprio velório, minha mãe e parentes chorando. Se fosse eu, agradeceria por morrer desse jeito. As pessoas passam a vida procurando um sentido nela e está justamente no pós morte, que ironia!!!
Se fosse meu ultimo dia agradeceria a todos por me apoiarem, elogiaria quem tivesse que elogiar e ajustaria as contas, dizer a aquela garota que eu amo ela e isso ia tirar um grande peso das minhas costas, mas por quê esperar ?! hoje pode ser meu ultimo dia." lembrei que tenho que estudar, OPS!!!!". Pra viver uma vida plena tem que lembrar que as coisas acabam, tudo que começa, um dia termina. Esquece o celular e vai falar com quem está do seu lado, esquece o dinheiro um segundo e vai brincar com sua família. Para de enrolar, irmão e vai correr atrás da garota que vc quer( sentido figurado). A vida é curta. memento mori.
O final pra todos é só um, não importa se você é rico ou pobre, forte ou fraco e sim as memorias de seus últimos momento em vida. Todos seguem em frente, cuide para não ser esquecido.
Obs: pareço um louco, mas é isso que sinto e o mundo cada vez mais confuso. precisava escrever isso.Sem desculpas hein, vão logo e só façam.
submitted by loser9ne to desabafos [link] [comments]


2020.09.22 22:48 Nooblord29 Acho que eu não sou só hétero

Desde bem pequeno (é a minha puberdade foi bem precoçe) eu me sentia atraído por garotas... e garotos.
Eu nunca me vi beijando eles, ou coisas do tipo. Mas eu sempre olhei pra bunda de garotas e garotos do mesmo jeito.
Sempre que eu ia na casa de um amigo, passava um pensamento de vez em quando: "como eu gostaria de foder ele".
Óbvio, esses desejos nunca passaram disso, desejos.
E se tivesse uma mulher e um homem na minha frente, eu preferiria a mulher...
Mas esse desejo continua aqui. Eu ainda sinto ele sempre que vejo um garoto rabudo. O pau nunca me atraiu, só a bunda.
Eu não sei dizer se o que eu sinto realmente é algo sólido, ou só libido muito alta, eu não sei se sou um bi ou não, talvez eu só consiga tirar isso a prova tentando com um garoto...
O que vocês acham? Eu sou bi, ou só um pervertido?
submitted by Nooblord29 to sexualidade [link] [comments]


2020.09.22 04:44 umqualquernome Vocês já sentiram muita falta de alguém apenas sexualmente?

É basicamente esse meu questionamento. Muito se fala em 'demissexual', que precisa de envolvimento emocional pra ser atraído sexualmente por alguém e tal... Mas quero saber se alguém experimentou o conceito totalmente oposto. Sentir muita falta de alguém somente na cama e não no sentido amoroso/sentimental.
Indago isso por conta da experiência que vivi com uma garota. Há uns 4 anos atrás. Até hoje lembro bem vividamente do nosso sexo, mas não sinto falta assim da 'companhia' dela. É que tudo se encaixava com ela (literalmente hehe). Eu era louco por cada pedaço do corpo dela, seus gemidos me enchiam de tesão. Nosso sexo foi pra mim como nenhum outro, ela chega amolecia quando eu a agarrava (se tivesse em pé faltava cair), nossos beijos eram aqueles descontrolados de ficarmos com a respiração ofegante, cada vez que a gente transava descobria algo novo (uma vez ela gozou ainda vestida, só com a fricção dos nossos corpos através da roupa). Enfim, era muito foda, parece coisa de sonho mesmo.
Eu sempre gosto de pensar em uma transa boa que tive quando vou dormir (aproveitando, mais alguém faz o mesmo?) e quase sempre lembro das que tive com ela. É tipo a primeira coisa que me surge na mente quando quero lembrar de bons momentos do meu passado. Depois de 4 anos... Mas em questão de relacionamento/amoroso, não sinto falta dela, é exclusivamente sexo (nem foi um relacionamento longo, durou por volta de um mês, ela que terminou). Enfim, não sei se soa muito estranho mas achei essa comunidade propícia pra compartilhar essa minha excentricidade.
submitted by umqualquernome to sexualidade [link] [comments]


2020.09.22 04:21 Maedhros_K O brilho acaba rápido

O querido ano de 2020, crises de ansiedade rasgando a pele, depressão aumentando a cada dia. Depois de 8 meses sem literalmente sair de casa, encontro uma garota muito especial no Tinder, em cinco dias de conversa seguidas, parecia que nos conheciamos há anos. Começamos a conversar ate de madrugada, essa sensação eu não sentia desde o EM. No sábado ela me convida pra ir ao ap dela porque está muito triste com o trabalho e queria que eu dormisse com ela naquela noite. Até os momentos antes de chegar ao apartamento ela não parava de me mandar audios, fotos e etc.. Ela tava muito alegre por conhecer alguém numa cidade nova, que não conhecia muita gente, além de termos a mesma idade e com gostos parecidos. Eu então, nem estava ligando pras aulas da faculdade e estágio, só estava/estou pensando nela. Depois de um relacionamento com uma garota extremamente problemática (com problemas psicológicos tão graves quanto os meus, porém sem controle e com a adição de bipolaridade), o que eu mais queria durante uma quarentena infinita era encontrar uma garota legal, gentil, doce.. E encontrei! Bom, porém quando bato na porta do ap, apartir daquele momento, tudo muda, ela já não mantém a mesma felicidade, mantivemos conversas aleatorias e constrangidas, comemos uma pizza que quando tinhamos combinado pelo whats, comeriamos olhando HIMYM, mas foi um olhando pro outro e eu tentando puxar assuntos idiotas, ela pede pra mim ir pra casa ao invés de posar, só me sinto envergonhado e triste (quebrado), ainda pra deixar tudo pior, peço um beijo antes de ir embora (really, um beijo depois de uma noite bizarra daquelas), ela recusa e volto pra casa. Depois de conversar pelo whatsapp, me fala que não queria me usar como analgésico pelo término dela com o ex 1 mês atrás, mas deveriamos continuar conversando, pois sou o cara mais sensível e doce que ela conheceu. Agora se somam a melancolia maldita e dolorida da depressão, a ansiedade me criando alergias pelo corpo todo e a sensação de que tudo está sendo disperdiçado na minha vida, e claro, a rejeição bizarra e aterradora da única garota que me dispertou tantos sentimentos na vida, criando aquele brilho no meio dessa cortina de fumaça.
Minha lição tirada disso tudo, pra vc que leu este resumo enjoado e mal escrito, foi que o brilho das coisas boas na vida dura muito pouco quando você está na merda. Tenho depressão e crises de ansiedade desde meus 15 anos, todos os dias penso em me matar, mas a preguiça e má vontade que isso tudo gera, simplesmente me faz ficar "vivo" e manter um dia após o outro. Um conselho para vc que é depressivo: Se está em uma época muito ruim da sua vida, não vá em busca de um brilho como esse, porque a queda é bizarramente mais dolorida, aproveite pra fazer as coisas que gosta, tente se ocupar com coisas interessantes e que mantenham sua cabeça ocupada (jogos, música, leitura, estudo, esportes, etc) e obviamente procure também a ajuda médica, em muitos casos ela é a única que vai te salvar. Esse é um desabafo sincero daquele depressivo que não curte o enfeite que muita gente faz ao falar e dar sujestão de "ajuda", ainda mais nesse Setembro amarelo. Se tu leu ate aqui, boa sorte com os teus demônios amigo.
submitted by Maedhros_K to desabafos [link] [comments]


2020.09.21 08:02 backdriftingg Dúvidas sobre minha sexualidade

Recentemente a minha namorada terminou comigo depois de mais de um ano pq ela disse que sentia atração por um amigo dela. Isso me destruiu pra caralho pq eu amava muito ela. Mas desde então eu comecei a questionar a minha própria sexualidade. Desde de pequeno eu nunca gostei de """"coisas de meninos"""" entao eu sempre andei mais com grupos de garotas, mas eu achava que isso era só uma coisa da minha personalidade. Porém depois que a minha namorada terminou comigo eu comecei a ter mais curiosidade sobre como seria ter uma relação com um homem. Mas o foda é que eu não sei se isso é só uma curiosidade mesmo ou se eu realmente sinto uma atração real por outros homens. Se for realmente isso talvez eu seja bi pq mesmo com essa curiosidade eu ainda sinto atração por mulheres. Me desculpa se eu pareci um pouco confuso, eu tô me questionando a um tempo já mas não tenho ninguém pra conversar sobre isso. Por isso decidi pedir ajuda aqui. Então qualquer conselho será bem vindo
submitted by backdriftingg to arco_iris [link] [comments]


2020.09.21 06:41 ChildhoodAway3672 Eu sou tóxico para as pessoas e a consciência uma hora pesa. Kkk

Sou uma pessoa ruim, estava lembrando do quão horrível eu sou capaz de ser, começando pela minha melhor amiga, ela começou a ser a minha amiga, por causa q eu fui responsável pela briga dela e a exclusão dos amigos dela, eu coloquei pilha para ela sair do grupo e eu sabia disso e só pensei em mim, eu tornei a vida de uma garota o inferno eu ria dela por ela ser “esquisita” e ela tinha depressão(até se cortava) e eu ria dela, pq a infelicidade dela era tão engraçado, eu manipulo as pessoas ao meu redor pq não consigo admitir q estou errado, eu me faço de vítima e invento histórias tristes para as pessoas acharem q eu sou uma pobre pessoa, mas eu sou tão sujo por dentro, eu desejo o mal e fico feliz com as derrota de outros pq eu não sou capaz de fazer o mesmo e sendo bem sincero a ideia de ver alguém conseguir algo é tão insuportável, eu acabo com o psicólogo criticando tudo q as pessoas próximas a mim fazem, eu já fiquei com uma pessoa q gostava de mim pq eu estava carente e depois a larguei, admito q eu sou sujo, invejoso e manipulador. Eu estava vendo um filme e vi o personagem ruim que manipulava e agredia e um garoto falando q ia separar e acabar com a família dele e isso me chocou e pensei como existe pessoas cruéis nesse mundo, mas eu comecei a pensar, “Eu sou tão bom assim?” E a conclusão é não! e a diferença é q no filme o personagem é fictício, mas eu não, eu sou real.
submitted by ChildhoodAway3672 to desabafos [link] [comments]


Era Um Garoto Que Como Eu Amava Os Beatles e Os Rolling ... Os Incriveis Era um garoto que como eu amava Os Beatles e ... ✍COMO FUI ENGANADO POR UMA GAROTA E ME VINGUEI!!!! COMO EU ENGANEI UMA GAROTA DA NET POR 1 ANO... - YouTube ENCONTREI UMA *GAROTA STREAMER* APAIXONADA POR MIM E FIZ ... Garota de programa explica por que relacionamento sugar ... 3 Perguntas Persuasivas Para Conquistar Uma Mulher❓ Ela não responde minhas mensagens? O que eu faço? 10 Sinais Que Uma Menina Gosta de Você - YouTube Eu Me APAIXONEI Por Uma GAR0TA De 13 4N0$ ! 😓💔 - YouTube

Era uma vez uma garota que como eu…CRESCEU! Carmen Gonçalves

  1. Era Um Garoto Que Como Eu Amava Os Beatles e Os Rolling ...
  2. Os Incriveis Era um garoto que como eu amava Os Beatles e ...
  3. ✍COMO FUI ENGANADO POR UMA GAROTA E ME VINGUEI!!!!
  4. COMO EU ENGANEI UMA GAROTA DA NET POR 1 ANO... - YouTube
  5. ENCONTREI UMA *GAROTA STREAMER* APAIXONADA POR MIM E FIZ ...
  6. Garota de programa explica por que relacionamento sugar ...
  7. 3 Perguntas Persuasivas Para Conquistar Uma Mulher❓
  8. Ela não responde minhas mensagens? O que eu faço?
  9. 10 Sinais Que Uma Menina Gosta de Você - YouTube
  10. Eu Me APAIXONEI Por Uma GAR0TA De 13 4N0$ ! 😓💔 - YouTube

Faixa 18 do álbum Acústico MTV - 2004 - Esta canção é o primeiro cover gravado pela banda Engenheiros do Hawaii, que faz parte do álbum o Papa É Pop - 1990 -... Um grande suçesso de meados dos anos 60,Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolingstones. Vlw por assistir! Espero que gostei do meu novo estilo de vídeo VAI LA NA STREAM DELA e da follow no site roxo!!!: /ycherrize SOLO JOGANDO FORTNITE !!!: https://youtu.be/CUr3UVRBO5I Obrigado por assistir mlkda, tmj! Deixa... 🌟Sejam Bem Vindos Para Mais Um Vídeo! Obs: Antes de pessoas desinformadas virem comementar 'Ah é fake' fiquem sabendo que esse é o conteúdo do canal. São ape... COMO FUI ENGANADO POR UMA GAROTA E ME VINGUEI!!!! THK Animation. ... O Que Fazer Quando Uma Garota Olha Para Você ... 5:52. O DIA QUE EU SEPAREI UM CASAL - Duration: 5:35. saiko ... No vídeo de hoje listamos 10 sinais que uma menina gosta de você. Não esqueçam do like, se inscrevam, e ativem às notificações. :D Desfrutem do vídeo. Espero... Você vira e mexe se pega pensando: 'Ela não responde minhas mensagens? ' Uma mulher que você interessado demora para responder ou nem responde suas mensagens... A acompanhante de luxo Yasmin Mineira diferencia as sugar babies das garotas de programa e explica: 'Eu acho que a baby é uma relação mais afetuosa, mais ínt... Se você gostaria de aprende de verdade como conquistar uma mulher seja ela quem for ou independente do lugar que você esteja, então veja esse importante vídeo, onde especialista explica como ...